Pular para o conteúdo

Soro Caseiro – Benefícios e Como Prepará-lo

A solução de soro caseiro é uma fórmula usada para combater a desidratação, principalmente em casos de vômito e diarreia e tem sido usada no Brasil desde a década de 1970 e, segundo o Ministério da Saúde.

Afinal ele contribuiu para reduzir a mortalidade infantil ocasionada pela desidratação em todo o mundo.

Leia no artigo a seguir as melhores considerações a serem feitas quanto ao seu uso, cuidados e benefícios também.

Composição do Soro Caseiro

Composição do Soro Caseiro

O soro caseiro é um preparo feito com a mistura de água, sal e açúcar e é muito usado para combater a desidratação provocada por vômitos ou diarreia, podendo ser usada para adultos, crianças bebês e, até mesmo, animais domésticos.

Apesar de ser muito usada por crianças ela não deve ser ofertada a bebês que ainda mamam exclusivamente no peito, sendo mais indicado nesses casos oferecer somente o peito para manter o bebê hidratado.

Receita de Como Fazer Soro Caseiro

Para o preparo do soro caseiro você utilizará água, açúcar e sal, sendo misturados na seguinte forma:

  • 1 copo de água filtrada ou mineral;
  • 2 colheres rasas de sopa de açúcar (equivalente a 20 gramas);
  • 1 colher de chá de sal (equivalente a 3,5 gramas).

Receita de Soro Caseiro com Colher Padrão

Se você não possui a colher padrão para o preparo do soro caseiro basta ir a qualquer posto de saúde e pedir pela colher padrão disponibilizada pela UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), que já contém a medida correta para sal e açúcar em cada ponta para fazer o soro:

  • 1 copo (200 ml) de água filtrada ou mineral;
  • 2 medidas rasas de açúcar, do lado maior da colher padrão;
  • 1 medida rasa de sal, do lado menor da colher padrão.

Para que Serve o Soro Caseiro?

Mulher com Desidratação

O soro caseiro é utilizado para acabar com a desidratação por ele repor a água e os sais minerais perdidos vômitos e diarreias, comuns na gastroenterite e na dengue, por exemplo.

É indicado para todas as idades e pode, inclusive, ser utilizado em cães e gatos, quando houver necessidade.

Cuidado com os diabéticos, eles não devem tomar o soro caseiro e sim procurar o auxílio de um médico, assim como aqueles que estão em desidratação grave.

Entenda que a ingestão do soro não vai parar o vômito e a diarreia, sendo útil somente para repor os líquidos e sais minerais perdidos e por isso é importante seguir todas as orientações do médico para controlar a diarreia e o vômito.

Como Tomar o Soro Caseiro?

Mulher Tomando Copo D'água

O soro caseiro deve ser consumido no mesmo dia do seu preparo em pequenos goles ao longo do dia.

Quando houver vômito ou diarreia deve-se observe a quantidade de líquidos perdidas e consuma o soro caseiro na mesma intensidade após cada episódio de vômito ou diarreia.

Não é recomendado tomar mais de meio copo de soro de uma só vez e bebês e crianças podem tomar o soro em colheres.

Apesar de ser simples o modo de preparo do soro em casa, existem à venda nas farmácias um pacotinho chamado Sais para Reidratação Oral que possuem sal e glicose na dose exata para misturar em 1 litro de água mineral ou o soro para beber já pronto para ficar mais fácil de tomar.

Utilização

Tomando Água na Cama

Junto a diarreia ou vômito ocorre perda de água e sais minerais pelo organismo e a função do soro caseiro, por via oral, é a de reposição desses elementos perdidos.

Faça o uso do soro a cada 20 minutos, e após cada evacuação líquida se houver diarreia.

O soro deve ser ministrado apenas para prevenir a desidratação ou quando ocorrerem os sintomas iniciais e em casos mais graves o paciente deve ser encaminhado imediatamente a um médico.

Em Caso de Diarreia

  • Consuma bastante líquido (cerca de 2 a 3 litros por dia).
  • Dê preferência ao soro caseiro ou a bebidas que contenham sódio e potássio, como água de coco.
  • É fundamental ingerir de 50 a 100 mL (meio copo americano) de líquido depois de cada ida ao banheiro.
  • Pessoas com pressão alta, doenças renais ou cardíacas, glaucoma, entre outras, não devem ingerir sódio em grandes quantidades.
  • Se você possui alguma doença crônica e apresentar diarreia, consulte seu médico;
  • Higienize bem as mãos depois de usar o banheiro e antes das refeições;
  • Atenção com às crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas, pois eles desidratam mais depressa, às vezes em um só dia.

Cuidados Durante o Preparo

Preparando Soro Caseiro

O principal erro exercido na hora de preparar uma dose de soro caseiro está na hora de medir as quantidades de sal e açúcar.

Nas colheres comuns, a proporção de sal e açúcar pode variar bastante.

Fique muito atento à quantidade de água, caso utilize as colheres comuns de cozinha, a quantidade de água utilizada é de 1 litro e no caso da colher-padrão da UNICEF, a quantidade é de 200 ml.

Se o soro caseiro deverá ser armazenado em um recipiente adequado, fechado e refrigerado, sua validade é de 24 horas.

Conclusão

E aí gostou do nosso texto sobre soro caseiro?

Afinal seu entre seus benefícios está a reposição de líquidos e os sais minerais perdidos em situações de vômitos e diarreia, prevenindo assim a desidratação em adultos e crianças.

Siga sempre nosso blog e confira as novidades!

Veja também: