Quais os Sintomas de Gravidez?

As vezes é complicado perceber quais são os sinais que seu corpo está enviando para você saber se algo está bom ou ruim.

Uma maneira interessante de descobrir é fazendo um teste de gravidez que pode ser comprado.

Os testes podem ser utilizados no primeiro dia de atraso da menstruação, tem mais 95% de precisão e podem até ajudar numa estimativa de quantas semanas de gravidez você pode estar.

Se você achar que está grávida, é fundamental que marque uma consulta com um médico para ele te dar o diagnóstico correto.

Primeiros Sinais de Sintomas de Gravidez

  • Menstruação Atrasada;
  • Urinação Frequente;
  • Seios sensíveis, formigando e inchados;
  • Enjoos Matinais;
  • Mudanças na cor da pele;
  • Vontade de comer certos alimento;
  • Sentir com sono o tempo todo;
  • Se você estiver com alguns desses sintomas, procure um médico o mais rápido possível.

Ele examinará você e ainda irá ver outros sinais que podem confirmar a gravidez, tais como alterações na cor ou endurecimento no colo do útero, batimento cardíaco ou até marcar um pré natal para identificar o feto no monitor de ultrassom,

Se você realmente estiver grávida ele marcará uma série de exames para você e seu filho terem uma trajetória fantástica.

Quando a gravidez for confirmada, você estará mais interessada em aprender como será o reto da gestação.

A seguir apresentamos em detalhes cada sintoma de gravidez:

Corrimento Vaginal Cor-de-Rosa

Assim que o óvulo é fecundado, pode haver um levo corrimento cor-de-rosa que na realidade é um corrimento normal da mulher que contem excesso de muco vagina, com sangue caudado pela entrada do espermatozoide no óvulo e pelo seu deslocamento até o útero.

Este tipo de corrimento pode surgir aos poucos após a relação ou até 3 dias após o sexo, que é o período de vida do espermatozoide dentro do nosso corpo.

Mas este corrimento só é observado quando a mulher vai ir ao banheiro depois de fazer xixi.

Cólica e Inchaço Abdominal

Com o óvulo fecundado há um aumento de fluxo sanguíneo na região da pélvis, e então os hormônios femininos começam a entrar em ação para ajudar a preservar o embrião e dar continuidade a gestação.

Como acaba sendo uma cólica menstrual fraca a media intensidade, a pessoa pode ter ainda uma pequena perda de sangue, parecida com a menstruação, mas em quantidade inferior.

O inchaço adnominal é um dos primeiros sintomas de gestação, e ele também é causado pelas mudanças da pélvis que estão acontecendo, aparecendo mais intensos nos primeiros 7 dias a 2 semana.

O aumento deste fluxo sanguíneo e adaptação ao crescimento uterino são maiores causadores deste tipo de inchaço abdominal, que para algumas pessoas podem parecer sem sintoma algum.

Por volta das 7 semanas de gravidez, a parte da pélvis começa a ficar mais durinha.

Mamas Sensíveis e Inchadas

Nas primeiras semanas de gestação, a mulher pode observar que os seios acabam ficando mais sensíveis, e isso acontece devido ao fato dos hormônios estimularem as glândulas mamárias preparando a mulher para a amamentação.

Isso acontece também um desenvolvimento do aumento da mama, deixando os mamilos mais inchados e a aréola pode ficar mais escura que o normal por conta do fluxo de sangue que está se movimentando no local.

Com Sono Constantemente

Cochilando

Quando engravidamos sentimos um sono constante, é um dos sintomas mais comuns da gravidez que pode estar presente durante toda a gestação começando por volta da segunda semana.

É normal que este cansaço vá aumentando durante as primeiras semanas de gravidez, enquanto o corpo ainda está se adaptando e todo o metabolismo começa a fornecer energia para o desenvolvimento do bebê.

Este tipo de cansaço é facilmente visto quando a mulher começa a sentir que as tarefas que fazia vão se tornando cansativas, chegando no final do dia.

Aversão a Odores

É muito comum no começo da gestação a mulher sentir repulsa por cheiros forres que eles aparentemente são irritantes para ela.

Como as maiorias das grávidas podem vomitar ao sentir cheiro forte como perfumes, cigarros ou produtos de limpeza.

Além disso o olfato está alterado como outras partes do corpo, tudo muda desde o gosto do alimento, até o cheiro, por exemplo.

Variação de Humor

Ao longo das primeiras semanas de gestação pode perceber alguma alteração no humor sem causa.

É muito comum ficar mais sensível, assim como mais chorona ou mais irritada, algumas pessoas ficam sensíveis coisas que não ficariam no dia a dia.

Enjoos

Mulher com Enjoo Comendo

Os enjoos e vômitos são mais comuns pela parte da manhã e estes são alguns dos sintomas de gravidez mais conhecidos surgem mais ou menos na quinta semana e podem se perdurar por toda a gravidez.

Mas algumas náuseas não acompanham vômito, sendo até mais frequente que o enjoo surja e desapareça sem que a pessoa vomite, principalmente na parte da manhã.

Alguns destes sintomas podem acontecer com excesso de salivação, o que tornam os enjoos mais fortes.

Tonturas

A tontura é um sono fora de hora que acabam se tornando um dos sintomas da gestação, e podem ocorrer por causa da queda da pressão arterial, da redução de glicose no sangue e da má alimentação devido os enjoos e vômitos constantes.

Elas surgem nas primeiras semanas de gravidez e podem continuar na 20º semana de gravidez.

A dor de cabeça mais comum é devido as alterações hormonais, mas ela geralmente é mais fraca embora permaneça muitas vezes e ainda pode associar um conforto à gestação.

Aumento na Vontade de Fazer Xixi

Ao avançar a gravidez, o corpo da grávida começa a produzir vários hormônios como a progesterona, para garantir que o bebê se desenvolve de forma saudável.

Quando isso ocorrer, os músculos da bexiga ficam mais relaxados e por isso para mulher é mais difícil esvaziar a bexiga, a mulher pode sentir mais vontade de ir ao banheiro.

Espinhas e Pele Oleosa

As alterações hormonais pode fazer com que ocorram cravos e espinhas, que são conhecidos também por acne.

Após o primeiro mês de gravidez a mulher pode perceber um aumento descontrolado de espinhas na pele.

Conclusão

Esses são os principais sintomas de gravidez, mas sempre é bom lembrar que você deve procurar seu médico, caso não tenha certeza se está ou não esperando um bebê.

Se esse artigo foi útil, faça um comentário abaixo!

Veja também: