Pular para o conteúdo

Roacutan – O que é, Como Tomar e Efeitos Colaterais

A acne é uma condição de pele que acontece quando nossos folículos capilares são bloqueados por óleo e células mortas da nossa pele, sendo mais comum em adolescentes e adultos jovens.

Os sintomas mais comuns variam desde simples cravos a espinhas repletas de pus ou ainda enormes caroços vermelhos e sensíveis na pele.

Existem muitos produtos disponíveis no mercado para tratar o problema, e dentre os mais comuns estão os cremes e produtos de limpeza de pele, comprados livremente, além de antibióticos específicos, vendidos através de prescrição médica.

O fato é que as vezes estes tratamentos convencionais não proporcionam um bom resultado, assim, a acne grave acaba gerando um grande desconforto estético em quem tem o problema, além é claro de uma autoestima comprometida.

Foi tentando combater o problema que surgiu o famoso medicamento Roacutan, que está muito em alta atualmente.

Ele é um fármaco que possui em sua composição a substância “isotretinoína”, que é um composto conhecido por sua ação de provocar uma diminuição do tamanho das glândulas produtoras de sebo bem como de sua atividade.

Esta redução do tamanho das glândulas, bem como da atividade das existentes, vem sendo recomendado para o tratamento da acne grave e tem traduzido resultados muito bons para saúde e a aparência da pele dos pacientes.

O Roacutan é convencionalmente prescrito pelos dermatologistas para aqueles pacientes que já fizeram os tratamentos convencionais e não obtiveram resultados satisfatórios, ou seja, suas espinhas não melhoraram quase nada.

Em casos assim, o Roacutan tem se mostrado altamente eficiente, e os primeiros resultados já podem ser notados em aproximadamente 8 a 16 semanas após começo do tratamento.

Encontrado em quaisquer farmácias ou rede de drogarias, o produto vem apresentando em cápsulas de 10 ou 20 mg, porém, só deve ser usado via prescrição de um médico dermatologista e consequentemente a retenção da receita.

Outro cuidado específico para a venda do Roacutan se faz necessário para mulheres com menos de 55 anos, pois as mesmas precisam apresentar na hora da compra um termo de conhecimento de risco e consentimento pós informação.

Isso é necessário porque o medicamento pode causar malformações no feto, se utilizado no período de uma gestação ou caso ela ocorra no decorrer do tratamento.

Mais à frente falaremos mais sobre efeitos colaterais e contraindicações.

Para que Serve o Roacutan

Médica Mostrando Medicamento

Como dito inicialmente, o Roacutan é recomendado para o tratamento da acne grave e também casos de acne que não demonstram melhoria com tratamentos tradicionais, como pomadas, cremes, antibióticos, higiene adequada, etc.

Com o uso correto do medicamento é possível dizer que espera-se o completo desaparecimento da acne em cerca de 16 a 24 semanas de tratamento.

Como Fazer Uso Corretamente

Como dito anteriormente, o medicamento é vendido em cápsulas, e portanto, devem ser consumidas por via oral, com um copo de água, no decorrer das refeições e nos horários determinados pelo seu médico.

Caso se esqueça de tomar a dose certa no horário certo, o que é absolutamente comum acontecer, você deverá pular essa dose e tomar apenas a dose prescrita no outro. Jamais tome uma dose em dobro nesses casos.

Falando em dose, elas se alteram conforme a gravidade do problema a ser tratado.

Na imensa maioria das vezes, a dose inicial sugerida é de 0,5 a 1 mg por Kg de peso corporal do paciente e, em certos casos, o dermatologista poderá elevar a dose até 2 mg por Kg de peso corporal por dia.

Em relação a duração do tratamento, ele irá variar conforme a dose ministrada diariamente, conforme a melhora completa da acne, entre outros fatores que o especialista deverá estar atento.

Cuidados Importantes

  • No decorrer do tratamento com o Roacutan, alguns cuidados precisam ser tomados, tais como:
  • Aplicação de hidratante ou protetor labial com regularidade;
  • Banhos rápidos para evitar que a pele se resseque ainda mais, sempre com água morna;
  • Fazer a aplicação do protetor solar FPS 30 ou mesmo superior, mas que não tenha óleo, mesmo em dias nublados, para evitar queimadura solar, pois a pele tende a ficar mais sensível ao sol no decorrer do tratamento;
  • Evitar o uso de produtos esfoliantes na região do rosto e no corpo para diminuir a irritação da pele;
  • É recomendado também que se evite fazer tratamentos a laser ou dermoabrasão no decorrer do tratamento e até 5 a 6 meses após finalizar o uso do Roacutan, pois este medicamento pode modificar a cicatrização da pele;
  • Não é recomendado realizar procedimentos de depilação com cera durante e pelo menos 6 meses após o tratamento, para evitar a formação de cicatriz ou dermatite na pele;
  • Ingerir no mínimo 2 litros de água diariamente;
  • Para evitar ressecamento das narinas, é recomendado que se utilize gotinhas de soro fisiológico nas narinas uma fina camada de vaselina nas bordas internas do nariz;
  • Lentes de contato também não são recomendadas em casos de ressecamento dos olhos;
  • Fazer uso de lágrimas artificiais, de acordo com indicação médica;
  • Para evitar piorar o efeito colateral de dor nas articulações e músculos, é bom evitar atividades físicas pesadas no período.

É fundamental ainda seguir rigidamente todas as recomendações médicas para se prevenir contra os possíveis efeitos colaterais que podem eventualmente surgir no decorrer do tratamento com o medicamento Roacutan.

Principais Efeitos Colaterais

Dentre os principais efeitos colaterais com maior probabilidade de ocorrer estão: pele, olhos e nariz ressecados, dificuldade para enxergar à noite, conjuntivite, inflamação da pálpebra, diarreia, enjoo, vômito, dor de cabeça, dor nas costas, dor muscular ou nas articulações, nariz entupido, espirros regulares, dores de garganta, entre outros.

Embora seja muito raro de acontecer, o Roacutan pode provocar reações alérgicas graves que podem precisar de atendimento médico urgente.

Nestas situações, é necessário fazer a interrupção do tratamento e buscar um hospital mais próximo rapidamente, principalmente se aparecer sintomas como dificuldade de respirar, tosse, dor no peito, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, urticária, febre, queimação nos olhos, descamação ou formação de bolhas vermelhas ou roxas na pele.

Roacutan x Depressão

Depressão é um dos efeitos colaterais mais relatados pelos pacientes que fazem uso deste medicamento.

Normalmente a pessoa passa a apresentar sintomas como mudanças repentinas de humor ou de comportamento, crises de choro, autoestima prejudicada, perda de interesse por atividades que costumava realizar anteriormente ao tratamento, muita dificuldade para dormir, pensamentos sobre suicídio, entre outros.

É essencial informar o médico o surgimento desses sintomas para que seja reavaliado o tratamento ou para um consequentemente atendimento com um psiquiatra ou psicólogo.

Contraindicações

Não devem tomar Roacutan crianças menores de 12 anos, mulheres grávidas ou em período de amamentação, pessoas com insuficiência hepática, colesterol ou triglicerídeos altos, vitamina A em excesso, pessoas que façam tratamento com tetraciclinas, entre outros.

Pessoas que tenham alergia à isotretinoína, soja ou parabenos, que são os conservantes usados nas cápsulas desse medicamento, também não devem fazer uso deste medicamento.

Eram estas as principais informações que gostaríamos de compartilhar com você hoje.

Veja também: