Principais Remédios para Ansiedade

Ansiedade talvez seja um dos principais males que afligem o brasileiros, grande da população sofre disso e você provavelmente chegou aqui tentando encontrar soluções pra esse problema, mas afinal de contas, o que é ansiedade?

A ansiedade é uma reação natural do corpo em relação a uma expectativa mais apreensiva a algo que vai acontecer.

Ela é a forma de nos manter alerta diante de situações de perigo. Para tentar se proteger, o corpo “liga” o sistema de proteção e sobrevivência.

Porém, essa avaliação e determinação de que algo oferece perigo pode estar errada. E, assim, a ansiedade aumenta de forma desigual em relação ao possível perigo.

É normal sentir ansiedade em certas situações diárias, como entrevistas de emprego, consulta no dentista, entre diversas outras.

Sentir ansiedade é algo benéfico dentro de um certo limite, pois ela nos deixa mais atento para o que está por vir e a tomar decisões.

O problema é quando é quando isso se torna muito frequente e intenso.

Os problemas com a ansiedade apresentam características de medo e perturbações comportamentais relacionadas à ele.

O medo é a consequência emocional sob uma ameaça iminente que pode ser real ou percebida. Já o sentimento de ansiedade é uma antecipação à uma possível ameaça futura.

O medo costuma ser ligado a momentos de excitação aumentada, que impulsiona para reações de luta e de fuga.

Já os ataques de pânico aparecem entre os sintomas de transtornos de ansiedade como uma resposta ao sentimento de medo.

A ansiedade é mais ligada a tensão muscular e a atenção para se preparar para um perigo futuro, com comportamentos de apreensão ou de fuga.

O grande problema é quando a pessoa passa por esse tipo de reação com muito mais frequência e intensidade, que pode ser patológica e pode fazer mal para a saúde emocional de uma pessoa.

Tipos de Ansiedade

Os principais tipos de ansiedade são:

Ataques de Pânico ou Síndrome do Pânico

Ataques de Pânico

Trata-se de ataques abruptos de um grande sentimento de medo ou de desconforto, que ocorrem sem nenhuma razão aparente, com sintomas muito intensos de falta de ar, tonturas, coração acelerado e um forte sentimento de estar prestes a morrer.

Essas sensações podem se intensificar e gerar sintomas físicos e/ou cognitivos.

Tudo isso acontece de forma espontânea e a pessoa que está sofrendo não consegue perceber qual é o gatilho que gerou a crise.

Normalmente, uma pessoa que passa por um ataque de pânico, já vem apresentando sintomas de ansiedade a um certo tempo.

Os ataques de pânico vêm junto com a sensação de que algo muito ruim vai acontecer, grande medo de sair do controle e de morrer.

Podem aparecer também sintomas físicos, como dormência, formigamento, suor excessivo e palpitações. Essas palpitações podem causar dores no peito, e acabar confundindo as pessoas que podem achar que se trata de um ataque cardíaco.

Quando uma pessoa passa por vários ataques de pânico frequentes, é caracterizado o diagnóstico de síndrome do pânico.

TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

Transtorno Obsessivo Compulsivo

TOC é quando uma pessoa realiza ações repetidas ou rituais compulsivos, desencadeados por pensamentos obsessivos causadas pela ansiedade.

E, mesmo que ela saiba que não há razão para se sentir assim, não consegue impedir os pensamentos.

Alguns hábitos dos que sofrem com TOC é o fato de sentir incomodo em coisas simples como visualizar objetos que de alguma maneira se apresentam desorganizados.

Também é comum que esse indivíduos nunca queiram sair pela mesma porta que entraram em um ambiente.

Transtorno de Estresse Pós-Traumático

Nesse caso, a pessoa tem flashbacks e pesadelos sobre algum acontecimento traumático pelo qual tenha passado.

Ela acaba revivendo a situação e tudo que sentiu, como se esse evento estivesse acontecendo de novo.

TAG – Transtorno de Ansiedade Generalizada

O TAG é uma preocupação exagerada ou uma grande expectativa apreensiva com o que pode acontecer no futuro.

A pessoa sente uma expectativa desproporcional em relação aos acontecimentos, de forma frequente durante a maioria dos dias, por um período mínimo de 6 meses.

Algumas vezes, ela não percebe qual é o real motivo da preocupação.

A maior parte daqueles que sofrem com esse tipo de ansiedade são mulheres.

Ansiedade Generalizada

Ela se caracteriza por uma preocupação exagerada sobre diferentes partes da vida de uma pessoa, como saúde, trabalho e família, por exemplo.

A ansiedade generalizada pode, ainda, causar sintomas físicos como dor de cabeça e tensão muscular.

Fobias

As fobias causam um medo intenso e desproporcional de alguma coisa que não representa um real risco. Algumas pessoas possuem medo de baratas, palhaços ou de altura, por exemplo.

Fobia Social

Já a fobia social ocorre sempre em que a pessoa se torna foco em situações públicas.

Quem sofre desse tipo de ansiedade possui medo da avaliação que outras pessoas podem sobre o seu desempenho diante de uma situação, como palestra ou até diante de uma conversa mais informal.

Principais Remédios Contra Ansiedade

Variedades de Remédios

Como são diversas marcas de remédio para ansiedade, os nomes abaixo estão agrupados por ordem alfabética:

  • Agomelatina, Alenthus XR, Alprazolam, Ansitec;
  • Benzodiazepina, Bromazepam, Bupropiona, Buspirona;
  • Citalopram, Clonazepam, Cloxazolam;
  • Diazepam, Donaren, Duloxetina;
  • Efexor XR, Escitalopram;
  • Fluoxetina, Frontal, Apraz;
  • Hidroxizina, Hixizine;
  • Imipramina, Lexotan, Lorax, Lorazepam;
  • Maprotilina, Menela; Mirtazapina;
  • Olcadil, Opipramol;
  • Paroxetina, Pondera, Pregabalina, Prozac;
  • Quetiapina;
  • Risperidona, Riss, Rivotril;
  • Sertralina;
  • Tiagabina, Trazodona;
  • Valium, Venlafaxina, Vilazodona, Vortioxetina;
  • Zoloft, Assert.

Os tratamentos medicamentosos para a ansiedade deve ser por, no mínimo, um ano depois do diagnóstico de melhora clínica.

Mas, é importante lembrar que nunca se deve automedicar. Sempre vá em busca de orientação médica.

Recursos Naturais

Remédio Natural para Ansiedade

Existem, ainda, recursos naturais que podem ajudar a controlar melhor os sintomas de ansiedade e causar uma maior bem-estar.

Eles devem agir como um complemento ao tratamento indicado pelo médico. Alguns dele são:

  • Folhas de Alface – auxilia no relaxamento dos músculos e do sistema nervoso;
  • Chá de Camomila – proporciona um efeito calmante;
  • Chá das Folhas do Maracujá – as folhas ajudam a acalmar e possuem propriedades ansiolíticas;
  • Passiflora – atua no nervoso como um sedativo mais leve.
  • Exercícios Físicos

Atividades físicas são muito importantes, por isso, é bom tirar um tempo do seu dia para fazer caminhadas ou qualquer atividade que seja prazerosa.

Os exercícios regulares melhoram o sistema imunológico e ajuda na prevenção de doenças cardíacas.

Também traz maior disposição para o dia a dia e diminui a insônia. Isso ajuda a melhorar a saúde mental, reduzindo os sintomas de ansiedade e de estresse.

Meditação

Mulher Meditando

A meditação ajuda a ampliar o córtex pré-frontal esquerdo, que é responsável pelos sentimentos de alegria e de felicidade.

Alguns minutos meditando diariamente já pode proporcionar boa melhora.

Além dessa melhora mental, a meditação também auxilia na diminuição da ansiedade, melhora a frequência cardíaca, combate a depressão, reduz dores crônicas, maior qualidade de sono e controle da pressão arterial.

Agora, eu quero saber, você sofre ou já sofreu por causa da ansiedade?

Já ingeriu um ou mais remédios que citamos anteriormente?

Faça um comentário e compartilhe sua experiência!

Veja também: