Pular para o conteúdo

Nimesulida – Composição e Como Usar

A nimesulida pode ser indicada com um anti-inflamatório ou analgésico, aliviando dores e febre após 15 minutos de ingestão (em adultos).

Devido ao fato de ter um medicamento tarja vermelha (popularmente conhecida como tarja preta), só pode ser comprado nas farmácias se houver prescrição médica.

Como Usar a Nimesulida?

O ideal é ingerir a nimesulida logo após as refeições.

Assim como todos os AINEs (anti-inflamatórios não esteróides), é indicado que seja ingerido a menor quantidade possível do comprimido ou conta-gotas.

Seu uso é indicado para adultos e crianças com mais de 12 anos.

Comprimido

A dose recomendada por médicos fica em torno de 50 – 100 mg (o comprimido possui 100 mg) Deve ser ingerido oralmente junto com água.

Em alguns casos, é possível que o usuário precise tomar até 200 mg em cada dosagem. Entretanto, nesses casos, seu uso deve ser administrado pelo menor tempo possível.

Gotas

Deve ser ingerido uma gota a cada kg corporal. Por exemplo, se você tem 50 kg, deve ingerir 50 gotas, duas vezes ao dia.

Caso tenha problemas para ingerir devido ao gosto, pode até misturar com um pouco de água e açúcar.

Supositório

Na grande maioria dos casos, a dose recomendada corresponde a 100 mg por via retal, duas vezes ao dia.

Nimesulida em Gel

Passar o gel duas vezes ao dia sobre a área do corpo afetada.

Espalhar até que não seja mais possível ver a cor do medicamento na pele.

O tratamento pode durar por até 15 dias.

Indicada para aliviar os sintomas de inflamação nos tendões, músculos e articulações.

Composição da Nimesulida

Nimesulida – 100 mg

Excipiente q.s.p – um comprimido

Excipiente: docusato de sódio, celulose microcristalina, lactose monoidratada, amidoglicolato de sódio, hiprolose, óleo vegetal hidrogenado e estearato de magnésio. Fonte da Composição

Para que Serve a Nimesulida?

Dúvidas Sobre RemédioO tratamento é responsável por amenizar os sintomas de inflamação e da febre, através de ação analgésica (atuando contra a dor no corpo).

O medicamento atua inibindo a ação da cicloxigenase, uma enzima responsável pela produção da prostaglandina.

A inibição é o que faz a nimesulida diminuir a dor e a inflamação presentes no organismo do paciente.

Mesmo nos tratamentos no qual a pessoa não sinta febre, seu uso é indicado para aliviar a dor em um pós-operatório, por exemplo.

Também pode ser usada para aliviar os sintomas de dores causadas por inflamações e infecções.

Riscos e Contraindicações da Nimesulida

Antes do médico recomendar o uso, deve ser verificado se o paciente é alérgico ao medicamento, pois se a resposta for sim, as consequências podem ser graves.

Tome CuidadoPacientes com hipersensibilidade, dificuldade para respirar, que tem um histórico de alergia a outros medicamentos anti-inflamatórios, problemas no fígado, úlcera, problemas com coagulação e mau funcionamento dos rins não devem fazer uso da nimesulida.

Nos casos em que o paciente não pode ingerir o medicamento seja da forma que for, é preciso tomar cuidado na escolha de outro remédio (pois pode ser que o mesmo tenha alergia a outros tipos de medicamentos também).

Também não deve ser usado por crianças menores de 12 anos.

Advertências em Relação ao Uso da Nimesulida

De forma alguma o uso de outros anti-inflamatórios não-esteroidais devem ser administrados juntos com a Nimesulida.

É preciso escolher um ou outro. Lembre-se que este remédio só pode ser vendido se você mostrar a receita médica, justamente pelos riscos envolvidos em tomá-lo por conta própria.

Pacientes com Problema no Fígado ou que Fazem Uso de Bebidas Alcóolicas

Cuidados com o FígadoDurante o tratamento, o usuário não deve ingerir nenhuma bebida alcóolica, para não sobrecarregar o fígado. Ou seja, pessoas com problemas hepáticos ou com histórico de alcoolismo devem evitar a Nimesulida.

A combinação do alcóol com esse remédio pode trazer sérias consequências hepáticas, aliás, não só com o nimesulida, mas é contra indicado o uso de qualquer medicamento em combinação com bebidas alcóolicas.

Os casos fatais são muito raros, mas mesmo assim os sintomas e efeitos colaterais podem ser extremamente incômodos: náusea, vômito, fadiga e falta de apetite.

Uso em Idosos

Já é comprovado que idosos são mais sensíveis as reações dos anti-inflamatórios.

Portanto, o uso em pessoas de idade deve ser restrito e durar o menor tempo possível.

Caso você seja idoso e o único sintoma no seu corpo seja a febre, deve escolher um outro medicamento mais leve e com menor possibilidade de sofrer com efeitos colaterais.

Crianças Menores de 12 Anos

O uso de nimesulida em crianças pode trazer consequências graves, como a Síndrome de Reye (embora seja muito raro).

A síndrome está relacionada a uma doença grave que pode comprometer o cérebro e as funções do fígado.

Mulheres Grávidas

Há poucos estudos relacionados aos efeitos colaterais da Nimesulida em mulheres grávidas ou no período de amamentação, portanto, antes do uso, o médico deve fazer uma severa avaliação do caso para recomendar ou não o medicamento.

Cuidados com GravidezDe qualquer forma, se possível, as gestantes e mulheres que deram a luz a pouco tempo e precisam amamentar seus filhos, devem procurar outros remédios que contenham a mesma eficácia.

Não há nada comprovado em relação a presença na nimesulida no leite materno, ainda assim, a precaução se faz necessária, pois não se trata apenas da saúde mãe, mas também do bebê.

Se você precisar fazer qualquer tratamento médico ou odontológico, deve informar o profissional responsável sobre a ingestão da Nimesulida.

O fato deste remédio ser vendido apenas quando há receita médica, está relacionado ao riscos de seus efeitos colaterais. Portanto, de forma alguma, tente ingerir a nimesulida por conta própria.

Chegamos ao final de mais um artigo, mas eu quero saber, você alguma vez já tomou ou toma o nimesulida com frequência?

Comente abaixo, vamos falar mais sobre esse medicamento!

Veja também: