Pular para o conteúdo

Minoxidil – Para que Serve e Como Usar Corretamente

Olhar-se no espelho ultimamente tem se tornado uma tortura pra você por conta da queda de cabelo?

Então saiba que você não enfrenta este problema sozinho, pois estima-se que cerca de 85% da população masculina passe por isso em algum momento da vida.

Muitos têm enfrentado este problema!

Mas e se eu te disser que isto tem solução ou pode pelo menos ser amenizado em muitos casos?

Parece mentira não é mesmo?

Eu pensava o mesmo ao pesquisar sobre o assunto e encontrar milhares de “soluções” milagreiras pela internet.

O fato é que a medicina está muito avançada hoje em dia, e este problema, que parecia sem solução, está cada vez mais perto de ser resolvido.

Neste artigo falaremos sobre o Minoxidil, um produto muito recomendado atualmente por dermatologistas e que pode ser não a cura para calvície, mas um produto que fará diferença em seu tratamento.

Ele pode ser manipulado por drogarias ou ser encontrado comercialmente por marcas como Aloxidil, Rogaine, Pant ou Kirkland.

Então vamos lá, na sequência veremos:

  • Para que serve o Minoxidil
  • Como surgiu este fármaco
  • Como ele funciona
  • Como usar o produto
  • Os principais benefícios
  • Possíveis efeitos colaterais
  • Contra indicação de uso
  • Quanto custa

Para que Serve o Minoxidil?

O minoxidil é basicamente um tônico capilar que auxilia na resolução de problemas relacionados à alopecia androgênica (calvície hereditária), queda de cabelo e demais transtornos ligados à falta ou fraqueza dos fios.

Ultimamente também vem sendo utilizado por mulheres em suas sobrancelhas e por homens que desejam ver nascer fios de barba ou que querer uma barba mais cheia e espessa.

A alopecia androgênica é aquela calvície marcada por um afinamento progressivo e miniaturização dos fios, processo que causa uma rarefação capilar.

Falando de forma mais direta, é aquela calvície que deixa a cabeça com aspecto de “cabelos ralos”, cheio de falhas e que pode guardadas as proporções, atingir tanto homens quanto mulheres.

Apesar dos estudos atuais comprovarem sua ação benéfica de estímulo ao crescimento dos fios capilares, é preciso deixar muito claro que não se trata de uma cura para a calvície.

Embora muitas vezes a publicidade envolvida ao redor do produto possa levar muita gente a pensar que se trata de uma cura, é necessário se atentar ao que diz médicos e especialistas nessa área.

E de modo geral todos são unânimes ao dizer que o Minoxidil não é por si só uma cura definitiva para calvície, mas sim um produto de ação auxiliar no tratamento.

Justamente por ter prescrição em situações onde a calvície hereditária já foi diagnosticada por um médico dermatologista, seu uso pode não ser eficiente em tratamentos para queda de cabelo causada por outras razões.

Em outras palavras, significa que as calvícies provocadas por situações de estresse, deficiências na alimentação, uso de anabolizantes, enfermidades, moléstias próprias do couro cabeludo, entre outros, não terão efeitos práticos se tratadas com o Minoxidil.

E é por isso que existem muitos avisos quanto ao uso descontrolado e sem orientação médica deste produto.

Como Surgiu o Fármaco?

Por ser uma droga vasodilatadora, ou seja, que ajuda no processo de dilatação (alargamento) dos vasos sanguíneos, o Minoxidil inicialmente era usado somente para tratar pessoas com pressão alta.

Seu uso como um coadjuvante no tratamento da calvície se deu a partir da constatação de que as pessoas que o utilizavam contra a hipertensão estavam tendo um aumento no crescimento dos fios de cabelo e de pelos pelo corpo.

A partir disso é que estudos foram feitos para comprovar também seus benefícios no tratamento da queda de cabelo por alopecia androgênica.

Como Funciona o Produto

Ainda não está totalmente claro qual é o mecanismo de ação do Minoxidil no crescimento capilar.

O que se sabe é que sua ação vasodilatadora melhora a circulação sanguínea, promovendo uma melhor absorção de nutrientes no bulbo capilar.

Sabe-se também que o princípio ativo do fármaco consegue prolongar a fase anágena capilar, que é onde acontece o nascimento e crescimento dos fios.

Efeitos precoces são raros, o comum é o tratamento a longo e médio prazo.

Normalmente este processo se dá em torno de 2 a 4 meses, dependo do ritmo de crescimento dos fios de indivíduo para indivíduo.

Como Utilizar o Minoxidil?

Em hipótese alguma faça o uso deste produto sem prescrição médica. Ele é um fármaco e se usado sem orientação de um especialista poderá trazer sérios danos à sua saúde.

Dito isto, traremos algumas recomendações de uso correto do Minoxidil caso seu médico lhe tenha recomendado.

Aplicação no Cabelo

Este é o principal tratamento a que se destina o Minoxidil, para tratar a queda de cabelo.

A solução deverá ser aplicada de forma direta sobre o couro cabeludo seco, principalmente nas áreas onde os fios se mostram mais frágeis.

Aplique o produto massageando levemente as regiões afetadas por duas vezes ao dia.

O comum é aplicar aproximadamente 1 mL da solução e esta aplicação deverá se repetir entre 3 e 6 meses, de acordo com a orientação médica.

Aplicação na Barba

Como dito anteriormente o produto se destina ao couro cabeludo, porém, em algumas situações, o dermatologista poderá recomendar o uso do produto na região da sua barba.

Para preencher as falhas da barba, o Minoxidil deverá ser aplicado do mesmo modo como aplicado no couro cabeludo, com massagem e quantidade correta, porém não aplicando diretamente sobre a barba, mas sim sobre às mãos primeiro e depois na região da barba.

É aconselhável utilizar após aplicação do produto um hidratante nutritivo para evitar ressecamento e cheiro forte do Minoxidil. Um óleo de coco ou amêndoas doces resolve o problema.

Aplicação na Sobrancelha

Assim como na aplicação na barba, é importante dizer que este produto não é destinado a este fim e seu produtores não tem permissão para comercializá-los para outros fins.

Porém, em alguns casos, dermatologistas fazem a indicação do mesmo para engrossar os fios e tratar falhas nas sobrancelhas de modo seguro e controlado.

O produto deve ser aplicado com auxílio de um cotonete na região afetada e após isso você precisa passar um óleo qualquer para evitar ressecamento.

Importante sempre em qualquer aplicação usar um produto que evite o ressecamento da pele, lavar muito bem as mãos, ter máximo cuidado com os olhos e jamais utilizar mais do que 2 mL da solução por dia.

Principais Benefícios

Entre os principais benefícios do Minoxidil estão:

  • Permite crescimento do cabelo com resultados comprovados clinicamente;
  • Impede com eficácia a queda de cabelo;
  • Incentiva os folículos capilares debilitados;
  • Propicia o crescimento capilar renovado.

Efeitos Colaterais

Por ser vasodilatador ele é completamente contra indicado para pessoas com irregularidades na pressão sanguínea, principalmente aquelas que apresentam pressão baixa (hipotensão).

Consultando a bula dos principais medicamentos no mercado, encontramos ainda como possíveis principais efeitos adversos (entre 1% e 10% dos pacientes) os seguintes efeitos:

  • Vermelhidão;
  • Irritação;
  • Coceira;
  • Pele Seca;
  • Descamação do Couro Cabeludo;
  • Dermatite Leve do Couro Cabeludo;
  • Crescimento não desejado de cabelos fora do couro cabeludo;
  • Aumento da Perda de Cabelos.

Contra Indicações de Uso

Como altamente já recomendado anteriormente, o Minoxidil não deverá ser usado por aleatoriamente sem prescrição médica e por mulheres grávidas ou em amamentação.

Pessoas que comprovadamente apresentem algum tipo de alergia ao princípio ativo do produto ou de outros componentes da fórmula também não deverão fazer uso do mesmo.

Por conter álcool em sua composição, ele também é altamente não recomendado para pessoas que fazem tratamento contra o alcoolismo e utilizam o medicamento Dissulfiram.

Quanto Custa?

O preço do Minoxidil pode variar muito, pois dependerá da dosagem do medicamento e geralmente seu valor fica entre R$ 100 (cem reais) e R$ 200 (duzentos reais).

Antes de comprar, faça uma pesquisa nas principais farmácias online ou até mesmo nas farmácias próximas de sua casa, pois a diferença de preço entre um estabelecimento e outro é significativa.

Veja também: