Pular para o conteúdo

Decadron – O Que É e Como Usar?

Decadron em comprimidos refere-se ao medicamento utilizado no tratamento de doenças como do reumatismo e artrite, doenças de pele, nos olhos, glandulares, nos pulmões, no sangue e no estômago e intestinos, em adultos e crianças.

Venha saber mais sobre esse medicamento, atuação e como usar no artigo preparado a seguir!

Não perca!

Os Corticoides

Remédios Corticoides

É a classe de medicamentos de ação anti-inflamatória e imunossupressora utilizada para suprimir os mecanismos de defesa do corpo.

Este medicamento é elaborado a partir de um hormônio produzido pelo nosso corpo chamado de cortisol, que é produzido nas glândulas suprarrenais.

O Que É o Decadron?

É um medicamento corticoide, a dexametasona, e possui uma indicação específica para cada doença. Então busque a orientação com o médico que o prescreveu sobre a dosagem e as formas de consumo.

Decadron é um fármaco orientado para o tratamento de condições nas quais os efeitos antiinflamatórios (contra a inflamação) e imunossupressores (diminuição da atividade de defesa do organismo) dos corticosteroides (classe medicamentosa da dexametasona) são esperados, em especial para tratamento intensivo durante períodos mais curtos.

Para Que Serve?

Dúvidas Sobre Remédios

Trata-se de um remédio que possui a substância ativa Dexametasona, um corticoide com potente ação anti-inflamatória que é bastante usado no tratamento de vários problemas de alergia ou problemas inflamatórios do corpo.

Pode ser adquirido em farmácias convencionais, sempre com orientação e receita médica, sob as formas de comprimidos, elixir ou injetável, de forma a facilitar a sua aplicação de acordo com o local e o problema a tratar.

O medicamento está aconselhado para tratar também problemas alérgicos e inflamatórios, incluindo distúrbios reumáticos, da pele, oculares, glandulares, pulmonares, sanguíneos e gastrintestinais.

Quais os Efeitos Colaterais do Decadron?

Mulher Decidindo Sobre Remédio

Como todo medicamento o Decadron apresenta diversos efeitos colaterais, devendo o usuário ficar atento, pois a maioria depende principalmente da dose, tempo de uso e do modo como o organismo de cada pessoa reage à medicação.

Vejamos alguns desses efeitos:

  • Aumento de Apetite;
  • Aumento de Peso;
  • Retenção de Líquidos;
  • Náusea;
  • Mal-estar;
  • Soluços;
  • Vertigem;
  • Agitação;
  • Dor de Cabeça;
  • Hipertensão;
  • Candidíase Oral;
  • Osteoporose;
  • Fraqueza Muscular;
  • Úlcera Gástrica;
  • Esofagite;
  • Depressão do Sistema Imunológico.

Quem Não Deve Tomar

Mulher Tapando a Boca

O medicamento em questão é contraindicado em pessoas com infecções fúngicas sistêmicas ou com hipersensibilidade aos sulfitos ou outros componentes presentes na fórmula.

Além dessas situações a cima, não deve ser indicado para pessoas que tenham tomado recentemente vacinas de vírus vivo.

Mulheres grávidas ou que estão em fase de amamentação, este medicamento só deve ser ingerido com orientação do obstetra.

Advertências e Precauções

Antes de fazer o uso do medicamento fale com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, se possuir sintomas ou história de tuberculose, tiver doenças autoimunes ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Seu tratamento nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Indicações Específicas

Alergopatias

Controle alérgico grave ou incapacitante, não- suscetíveis às tentativas adequadas de tratamento convencional em:

Rinote alérgica sazonal ou perene, asma, dermatite de contato, dermatite atópica, doença do soro.

Doenças Reumáticas

Como fármaco acessório na administração em curto prazo durante episódio agudo ou exacerbação de:

Artropatia psoriásica, artrite reumatoide, incluindo artrite reumatoide juvenil, bursopatia aguda e subaguda,artrite gotosa aguda, artrose póstraumática, sinovite ou artrose, epicondilite.

Oftalmopatias

Exame Ocular

Processos alérgicos e inflamatórios graves, agudos e crônicos, envolvendo o olho e seus anexos como:

Conjutivite aguda atópica, ceratite, úlceras marginais corneanas alérgicas,herpes zoster oftálmico, inflamação coriorretiniana, inflamação do segmento anterior do olho.

Endocrinopatias

Insuficiência adrenocortical primária ou secundária (hidrocortisina ou cortisona como primeira escolha; análogos sintéticos devem ser usados em conjunção com mineralocorticoides onde aplicável;

Na infância, a suplementação mineralocorticoide é de particular importância), hiperplasia adrenal congênita (transtornos adrenogenitais congênitos associados à deficiência enzimática), tireoidite não-supurativa (tireoidite subaguda), distúrbio do metabolismo do cálcio associado ao cancêr.

Pneumopatias

Sarcoidose sintomática, pneumonia de Loeffler (eosinofilia pulmonar, não classificada em outra parte) não-controlável por outros meios, beriliose, tuberculose pulmonar fulminante ou disseminada, quando simultaneamente acompanhada de quimioterapia antituberculosa adequada, pneumonia aspirativa (pneumonite devido a alimento ou vômito).

Hemopatias

Púrpura trombocitopênica idiopática em adultos, tormbocitopenia secundária em adultos, aanemia hemolítica adquirida (autoimune), aplasia pura da série vermelha, adquirida (eritroblastopenia), anemia hipoplástica congênita (eritroide).

Doenças Neoplásicas

No tratamento paliativo de leucemias e linfomas do adulto e leucemia aguda da infância.

Estados Edematosos

Para produzir diurese ou remissão da proteinúria na síndrome nefrótica sem uremia, do tipo idiopático ou devido ao lupus eritematoso.

Doenças Gastrintestinais

Para ajuda durante o período crítico de colite ulcerativa e doença de Crohn (enterite regional).

Como Utilizar o Decadron?

Tomando Pílula

Decadron deve ser consumido por via oral.

E a sua segurança e eficácia somente é garantida na administração por via oral, apenas sob orientação médica.

O tratamento ocorre pelo princípio das necessidades posológicas variáveis e individualizadas segundo a gravidade da moléstia e a sua resposta.

O Que Devo Fazer Quando Esquecer de Usar o Decadron?

Como qualquer medicamento você deverá tomar Decadron conforme a prescrição e caso esqueceu de tomar uma dose, deverá tomar a dose seguinte como de costume, isto é, na hora regular e sem duplicar a dose.

Conclusão

Vimos então que o Decadron, tendo seu princípio ativo a dexametasona, um corticosteroide que atua impedindo a liberação de substâncias que resultam em inflamação.

Ficou com dúvidas? Deixe a seguir nos comentários!

Veja também: