Açúcar Demerara – Características e Benefícios

Algum tempo atrás um dos maiores vilões da nossa alimentação era o sal de cozinha (pela concentração de sódio), porém, hoje em dia é muito mais comum se falar a respeito dos prejuízos à nossa saúde causados pelo consumo de açúcar, principalmente o refinado.

Apesar disso, existem diversas maneiras de se consumir produtos deste tipo e excelentes alternativas de açúcar disponíveis no mercado atualmente.

Sabemos todos que existe muita confusão em torno de qual melhor açúcar selecionar para o nosso dia-a-dia dentre as opções viáveis.

Há grupos de pessoas que consideram o açúcar demerara como uma forma mais saudável de açúcar e o citam regularmente como uma boa alternativa ao açúcar branco comum.

Mas e você?

Você sabe quais são os principais diferenciais ou benefícios do açúcar demerara para nossa saúde e dieta alimentar?

Ou sabe o que o difere do açúcar refinado comum, açúcar orgânico ou do açúcar mascavo?

Pois então se não sabe mas gostaria de entender, se atente às informações que virão na sequência, pois traremos maiores explicações sobre o açúcar demerara e seus diferenciais.

Principais Benefícios do Açúcar Demerara para o Nosso Corpo

Para quem não conhece muito bem este produto, podemos dizer que o açúcar demerara é uma espécie de açúcar com grandes grânulos que são produzidos a partir da cana-de-açúcar, sendo essa uma escolha natural para substituir o açúcar tradicional.

Este tipo específico de açúcar tem como origem a Guiana, um país situado no norte da América do Sul, que, antes de alcançar sua independência, era formado por 3 colônias neerlandesas (holandesas): Essequibo, Demerara e Berbice.

É desta ex-colônia portanto que se origina o nome deste produto, pois ali ele era produzido em larga escala e exportava para todo o mundo.

Apesar disso, de ter herdado o nome deste local, a maior parte do açúcar demerara hoje em dia é produzido nas Ilhas Maurício, na África.

Apesar de não muito conhecido pelas pessoas em geral, ele é muito utilizado para compor receitas e enfeitar doces.

Quem o conhece e utiliza com frequência também confere a ele uma condição mais saudável e benéfica para nossa saúde quando comparado ao açúcar branco refinado ou mesmo ao mascavo.

Canela com Açúcar

Porém, será mesmo que esta condição é de fato uma verdade?

Seria mesmo o açúcar demerara mais saudável que açúcar branco refinado?

Veja mais informações na sequência!

É comum ouvirmos dos diversos defensores do açúcar demerara a afirmação de que este produto é muito mais saudável que o açúcar refinado.

A verdade, porém, é que a principal diferença entre eles se dá somente no quesito processamento, já que o primeiro é bem menos processado que o segundo.

Durante o processo de produção do açúcar demerara, é extraído o caldo de cana através da aplicação de pressão na cana-de-açúcar.

O caldo, então, é cozido até que engrosse e passe a formar um xarope.

A água presente no xarope evapora e a substância final se consolida, dando surgimento ao açúcar demerara.

Apesar de passar por menos processos de refinamento do que o açúcar branco, o demerara ainda assim é tido como um açúcar adicionado, que é todo aquele açúcar adicionado acrescentado no processo de confecção de um produto, não estando nele naturalmente.

E o excesso de açúcar acrescentado está associado a um aumento do risco de obesidade, doenças cardíacas e diabetes tipo 2.

Desta forma, é muito importante ingerir açúcar demerara somente de modo ocasional e sempre em quantidades diminutas.

Presença de Vitaminas e Minerais

O açúcar demerara possui naturalmente o melaço, que por si só já contém algumas vitaminas e minerais, tais como o cálcio, o ferro, acido fólico, o magnésio (esse atua como regulador da melatonina, uma substância que atua como um hormônio que ajuda na qualidade do sono) e as vitaminas B3, B5 e B6.

Ele tem ainda uma composição nutricional muito parecida à do açúcar mascavo, tendo uma diferença que, para muitas pessoas, se torna uma opção mais vantajosa: não mantém aquele gosto característico da cana, ou seja, possui um gosto mais neutro.

Vitaminas por Alimentos

A cada 100g de açúcar mascavo é possível obter 127 mg de cálcio, 80 mg de magnésio, 8,3 mg de ferro, 25 mg de sódio e 522 mg de potássio.

Já no açúcar refinado, a quantidade desses micronutrientes caem para 4 mg, 1 mg, 0,1 mg, 12 mg e 6 mg, respectivamente.

De modo geral, quanto maior for a cor escura do açúcar demerara, maior também será a quantidade desses nutrientes.

Entretanto, um estudo recente constatou que açúcares marrom-escuros, como o é o caso do demerara, são uma fonte muito pobre de vitaminas.

Sendo assim, não há porque consumir mais açúcar adicionado para aumentar a ingestão de nutrientes, pois existem melhores alternativas disponíveis.

Até porque, como já foi citado anteriormente, um excesso de açúcar adicionado pode ser muito prejudicial à nossa saúde como um todo.

Diferentemente do Brasil, muitas culturas costumam beber chás e café sem qualquer tipo de adoçante, pois o foco é sentir o gosto natural da bebida.

Utilize com Moderação

Do mesmo modo como no caso do açúcar refinado comum, o açúcar demerara é constituído principalmente pela sacarose, que é a união entre glicose e frutose, que pode ter efeitos prejudiciais para a saúde, estando relacionada a um aumento do risco de diabetes tipo 2.

Outro ponto importante de ser citado é que o açúcar refinado comum e o demerara são idênticos quando se analisa a quantidade de calorias presentes em uma colher de chá (4g) de qualquer açúcar, pois todas possuem 15 calorias, apesar da diferença entre os índices glicêmicos (velocidade com que os níveis de glicose ou açúcar aumentam no sangue após sua ingestão).

Como se já não bastasse tudo isso, qualquer açúcar do tipo adicionado eleva o sabor doce dos alimentos, aumentando o desejo por comer, gerando um círculo vicioso, o que pode consequentemente gerar o aparecimento de diversas doenças crônicas.

Deste modo, apesar do açúcar demerara ser um pouco mais saudável que o açúcar branco refinado comum, por reter mais nutrientes em seu processamento, ele deve ser ingerido com todo cuidado, assim como normalmente fazemos com o consumo do açúcar branco.

Veja também: